Resgatar doadores de sangue que não doam desde 2008. Este é o objetivo da campanha “SuperAção” que está sendo promovida pelo Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc). De acordo com o responsável pela Divisão Técnica da Hemosc de Criciúma, Rafael Luiz da Silva, a equipe responsável entrará em contato com todas as pessoas que doaram sangue e que não retornaram mais para convidar a doar novamente. “Este ato é de amor ao próximo. A nossa intenção com essa ação, e de outras que estão ocorrendo paralelamente, é de aumentar as doações principalmente dos grupos sanguíneos dos tipos A e O, tanto positivo como negativo”, afirmou. Isto é devido a baixa dos estoques de sangue em todo o estado por conta da pandemia da Covid-19.

Saiba mais informações na entrevista completa com Rafael para o Repórter Marconi:

 

Para ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável legal) e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação sem gordura nas quatro horas antes da doação. É necessário apresentar documento com foto. Saiba mais sobre os critérios para doação de sangue acessando aqui.

As pessoas de Criciúma e região que querem doar sangue, precisam realizar agendamento através do site do Hemosc ou ligar pelo telefone no número (48) 3444-7410.

Acompanhe o trabalho feito pelo Hemosc através das redes sociais: FacebookInstagram e Site.

Da Redação