O setor de eventos e da música mudou completamente com a chegada da pandemia da Covid-19. Com o avanço da vacinação contra a doença, representantes das áreas estão cada vez mais otimistas para a retomada total. Eventos testes começaram a ser realizados neste ano e aos poucos os esportes começam a ganhar público. O especialista em grandes eventos, Camilo Sales D’Ornellas, afirma que os eventos testes pioneiros realizados na Espanha e na Holanda foram essenciais para entender sobre as questões sanitárias e os cuidados de prevenção que ainda devem ser tomados.

Já no Brasil, Camilo explica que o correto a ser feito seria um estudo completo envolvendo vários pesquisadores, para assim, ser analisado e planejado um plano para que o modelo fosse aplicado. “As condições socioeconômicas mudaram, as condições emocionais mudaram, as condições de percepção de perigo mudaram. Então não é possível que nós apliquemos o mesmo modelo de gestão em segurança antes do início da pandemia agora no pós-pandemia, ou quase pós-pandemia”, ressalta. “É preciso que os planejamentos sejam adequados ao tipo do momento, no tipo do cenário que estamos encontrando”, completa Camilo.

Saiba mais detalhes sobre a retomada de eventos na entrevista completa com Camilo Sales D’Ornellas para o programa Ponto de Encontro:

 

Protocolos de regras comportamentais sempre foram necessários durante a realização de eventos. Para o gestor de segurança, essas mesmas regras se tornaram ainda mais cruciais, somadas com os riscos causados pela Covid-19. “A partir da pandemia isso aumentou, ou seja, você precisa entender que as práticas de segurança estão melhores e serão mais exigidas a partir deste momento. A grande mudança que nós precisamos fazer é uma combinação entre aquilo que a sociedade precisa saber e daquilo que nós, profissionais da área de segurança, do entretenimento e dos eventos, precisamos oferecer para se ter uma perfeita harmonia”, comenta Camilo, que também faz parte do quadro de professores da On Stage Lab, a primeira escola de formação de profissionais de entretenimento ao vivo e negócios da música da América Latina.

Camilo Sales D’Ornellas

Atuando como gestor de segurança e analista de riscos e crises em eventos, arenas e festivais de música há mais de 30 anos. Formado em Direito com mestrado em governança e estratégica marítima na Escola de Guerra Naval, MBA em gerenciamento de projetos na FGV. Especialista em gestão de grandes eventos e coordenador do COGEST pela Academia de Polícia do RJ. Especialista em Cibersegurança e em crimes transnacionais pela National Defense University-USA. Professor da UNESA em segurança de eventos, palestrante em diversos congressos e seminários nacionais e internacionais. Atuou como gestor de segurança no Estádio do Maracanã entre 2014/2016, gestor de segurança no Rock in Rio em 4 edições desde 2011. Foi responsável direto do planejamento e gestão do UFC 134 e 142, foi responsável pela gestão da segurança de grandes festivais nacionais e internacionais, incluindo as turnês América latina em 2006 e Europa 2008 com a banda Jamiroquai, atualmente é diretor regional da ASIS Brasil, possui certificação ASE da ABSEG. É especialista e pesquisador em comportamentos de públicos e multidões – Crowd management , é cadastrado como instrutor de grandes eventos na Polícia Federal, membro da Tourism & More International, ocupando o cargo de Vice-presidente para América Latina, iniciou sua trajetória profissional na carreira em segurança pública onde atuou por 30 anos, conquistou diversos prêmios, atua como comentarista para assuntos de segurança em grandes eventos e segurança turística para emissoras de TV como Globonews e BandNews, professor convidado em Segurança de Eventos e Turismo na Funglode, República Dominicana tendo integrado a comissão no Senado Federal sobre a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos de 2016. Atualmente é gerente regional de segurança do Bank of New York & Mellon para América Latina sendo responsável pela gestão da segurança corporativa.