A taxa do tratamento de esgoto em Urussanga será cobrada a partir do próximo mês, em setembro, aos moradores nos loteamentos do Progresso I e Progresso II, Vale do Goethe, Peraro e Perdoná. De acordo com o diretor interino do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae) do município, Filipo De Brida, o valor da fatura será 80% do valor da água. O responsável frisa que o esgoto sanitário é proveniente da água utilizada na casa no banheiro, cozinha, área de serviço e chuveiro. Calhas e bueiros de pátios e piscinas não poderão ser ligados ao sistema de coleta de esgoto sanitário.

Confira mais detalhes sobre o novo sistema de tratamento de esgoto e outros assuntos na entrevista realizada com Filipo para o Comando Marconi:

 

Da Redação