Em 1948, um grupo de amigos se juntava para criar um clube voltado para a caça e pesca. O Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt, formado há quase 73 anos, possui atualmente cerca de 200 sócios. Hoje, o clube possui mais de 12 hectares de terra no bairro Primeira Linha, em Criciúma. Conforme o presidente, Marco Antônio Machado, o grupo tem suas atividades principais voltadas ao tiro esportivo. De acordo com o presidente, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) permite apenas a caça de javalis no país.

Com a pandemia do novo coronavírus, o clube está retornando aos poucos e de forma gradual com as atividades. O Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt já foi 15 vezes campeão nos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC). A equipe tem a intenção de treinar mais para as competições e ser referência no esporte. O foco do clube é em atletas de alto rendimento no tiro esportivo e conta com espaço para vários tipos de tiro esportivo, como: tiro ao alvo, tiro de precisão de longa distância, tiro ao prato, tiro de hélice e outros.

O programa Ponto de Encontro abordou sobre o assunto em entrevista com Marco Antônio. Ouça mais detalhes:

Parte 01

 

Parte 02

 

Confira os nomes com compõem a diretoria dos anos 2020/2021:

  • Presidente: Marco Antônio Machado;
  • Vice-Presidente: Marcus Augusto da Conceição Spillere;
  • Tesoureiro: Carlos Gerzoschkowitz Junior;
  • Diretor de Tiro: Saimon Reus Honorato;
  • Secretário: Alcionei Rezin Vicente;
  • Diretor Social e Esporte e Meio Ambiente: Silvanei Antônio Borges;
  • Diretor de Patrimônio: Filipe Talamini Borsato;
  • Diretor de Assuntos Institucionais: Luiz Fernando Meller.