Urussanga segue com o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19 conforme a chegada de novas doses. Segundo a informação divulgada pela Secretaria do Estado de Saúde, Urussanga recebeu ontem (28) mais 278 doses das vacinas dos laboratórios Pfizer e Butantan para a aplicação da primeira dose. De acordo com a secretária de saúde do município, Ingrid Zanellato, e a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Marília Ferreira Marcineiro, cerca de 11 mil pessoas já tomaram a dose, correspondendo 60% da população. Aproximadamente 4 mil pessoas já receberam a segunda dose.

Com a chegada destas 278 doses, a vacinação ampliará para a faixa etária de 32 anos e trabalhadores industriais e da construção civil de 31 anos. Conforme as responsáveis da pasta da saúde, o horário de atendimento nos dias da vacinação é das 9h às 12h e das 13h30 às 16h. O horário foi reduzido para evitar com que haja desperdício de doses, já que após o frasco aberto há uma validade de cerca de 8 horas. Urussanga vacina pessoas de 32 a 39 anos contra a Covid-19.

A secretária Ingrid frisou que as medidas sanitárias contra o novo coronavírus ainda devem ser seguidas. Mesmo a pessoa recebendo a dose da vacina, os protocolos de saúde, como o uso da máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações deverão ser mantidos.

Ingrid e Marília estiveram no estúdio da Rádio Marconi para falar sobre o andamento da vacinação contra a Covid-19 e contra a gripe. Ouça na íntegra a entrevista realizada durante o programa Comando Marconi:

Parte 01

 

Parte 02

 

Vacinação contra a gripe

Conforme a enfermeira Marília, a cobertura geral da vacinação contra a gripe não foi o esperado. “Foram um pouco mais de 60%, o ideal teria que ser 90%. Mas alguns grupos já atingiram, como é o caso das crianças, com 91%; as gestantes com 79%; puérperas com 100%; trabalhadores da saúde 78%; dos idosos que está um pouco abaixo, com 63%; professores está bom com 90%”, afirmou. De acordo com Marília, a equipe atribui os números baixos por conta do intervalo que precisa após receber a vacina contra a Covid-19. Ingrid também ressaltou que a vacinação contra a gripe está liberada para a toda a população a partir de 6 meses de idade.

Da Redação