A quinta-feira (29) deverá ser mais um dia gelado em Santa Catarina. De acordo com o serviço de meteorologia da Epagri/Ciram, o amanhecer terá temperaturas variando entre 0 e 5°C em boa parte das regiões, sendo que, nos pontos mais altos do Planalto Sul, as mínimas poderão atingir -8°C. A temperatura baixa associada à umidade trouxe um pouco de neve nesta quarta-feira. A mesma condição se mantém até a manhã desta quinta, quando pode nevar nas áreas mais altas dos planaltos Sul e Norte, Meio-Oeste e inclusive do Alto Vale do Itajaí.

O meteorologista Marcelo Martins explicou que a chegada da massa de ar seco e frio de origem polar ao Sul do Brasil limpou a atmosfera, favorecendo o céu claro. “Esse fator favorece a perda de radiação que chega durante o dia e se perde durante o período noturno, resultando em temperaturas muito baixas ao amanhecer, onde normalmente ocorre o registro de temperatura mínima do dia”, comentou.

Temperaturas mínimas pelo estado nesta quarta

O amanhecer desta quarta-feira, 28, foi de muito frio em Santa Catarina. Veja a variação das temperaturas mínimas registradas pelas regiões. Os dados foram divulgados pela Epagri/Ciram e podem sofrer posterior correção:

No Extremo Oeste, a mínima registrada foi em Maravilha: -2,7°C; na região Florianópolis Litorânea, foi em Antônio Carlos: 3,6°C; na Florianópolis Serrana, a mínima registrada foi em Rancho Queimado: -1,9°C; no Litoral Norte, a mais baixa foi em Massaranduba: 3,6°C. No Litoral Sul, Timbé do Sul registrou o amanhecer com a menor temperatura da região: 1,8°C.

As regiões Meio-Oeste, Oeste, Planalto Norte e Planalto Sul amanheceram abaixo de zero com o registro das temperaturas mais baixas em Lebon Régis: -3,9°C; Água Doce:  -4°C; Monte Castelo: -3,3°C e Bom Jardim da Serra: -7,8°C.

De acordo com o mapa da Epagri/Ciram, 53 municípios catarinenses registraram um amanhecer com temperaturas negativas nesta quarta-feira, 28:

Cuidados

Órgãos do Governo do Estado mantêm as orientações de prevenção a turistas e moradores. É fundamental redobrar a atenção com vulneráveis em situação de rua, idosos, crianças e animais. Veja outras recomendações:

  • Somente se desloque para as regiões mais frias com a garantia de hospedagem;
  • Nas rodovias, fique atento ao risco de gelo na pista;
  • No interior das casas, não utilize  churrasqueiras ou latas com fogo, que podem provocar incêndios ou intoxicação por monóxido de carbono;
  • Busque orientação técnica para proteger a produção agrícola e pecuária;
  • Mantenha-se bem hidratado, agasalhado e não descuide da higienização das mãos e ambientes.

Com informações do Governo de Santa Catarina