A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foi votada na última semana e dentre os destaques estava o aumento do fundo eleitoral de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. Este valor causou repercussão em todo o Brasil. O economista e comentarista político e de realidade social, professor Eduardo Guerini, explica que o valor representa um acréscimo de 185% em relação a 2020. “Na prática isso vai impactar negativamente para um governo que tem um déficit previsto de R$ 189 bilhões e que necessariamente quem paga é o contribuinte”, afirma. Para o especialista, os parlamentares só estão justificando o seu voto favorável ao LDO por conta da rejeição na opinião pública. (saiba mais detalhes aqui)

O programa Comando Marconi abordou sobre o assunto em entrevista. Ouça na íntegra a análise e a explicação completa do Professor Eduardo Guerini:

 

Da Redação