O município de Urussanga inicia a vacinação contra a Covid-19 em pessoas de 35 a 39 anos nesta sexta-feira, dia 16. A imunização começa a partir das 9 horas em todas as Unidades Básicas de Saúde. Além disso, trabalhadores industriais e da construção civil de 34 a 39 anos também receberão a dose conforme a orientação da Secretaria Estadual de Saúde, no qual 30% do novo lote é destinado a esse grupo. O horário de atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 17h, enquanto durarem os estoques dos imunizantes.

As pessoas devem comparecer a UBS do seu bairro portando documento com foto, CPF ou catão SUS. Para os trabalhadores, é necessário comprovar a atuação na área, seja com a carteira de trabalho, crachá funcional ou contracheque, além da declaração da empresa com indicação de CNAE e sua descrição. Conforme a prefeitura, a cópia do documento pode ser retirada pela equipe de vacinação para fins de auditoria.

“Alguns munícipes chegam às UBS poucos minutos antes do término do expediente. Dependendo do horário, se não tivermos aberto o frasco das doses, não iremos abrir somente para uma dose, porque podemos desperdiçar todas as doses restantes. Cada imunizante existe um limite de validade para aplicação, por isso solicitamos que os munícipes compareçam na UBS mais cedo, para assim conseguirmos nos programar dentro do limite do horário do expediente, para não perder essas doses”, frisou a secretária de saúde, enfermeira Ingrid Zanellato.

Grupo de trabalhadores industriais:

  • Produção, transformação e extração florestal, de petróleo, gás e minerais;
  • Fabricação de alimentos, bebidas, calçados e acessórios, derivados do petróleo e biocombustível, fumo, máquinas e equipamentos, móveis, papel e celulose, produtos de metal, de minerais não metálicos e metalurgia, produtos químicos, farmoquímicos, farmacêuticos, roupas e tecidos;
  • Produção e manutenção de veículos e outros equipamentos de transporte, bem como atividades auxiliares dos transportes;
  • Coleta, produção e tratamento de energia, gás, água, esgoto, resíduos;
  • Atividades de correio e entregas, de telecomunicações, de impressão, gravação e reprodução;
  • Construção civil;
  • Atividades de educação, saúde e segurança dos trabalhadores industriais.

Colaboração: Nayglon Goulart / Assessoria de Comunicação