Um novo lote de vacinas contra a Covid-19 chegaram nesta segunda-feira (5), em Urussanga. As doses serão utilizadas para retomar a vacinação nas pessoas de 40 a 44 anos de idade, além de outros grupos prioritários, a partir das 9 horas desta terça-feira (6). Neste lote que será distribuído pela Unidade Descentralizada da Vigilância Epidemiologia (UDVES) regional de Criciúma, serão distribuídas para Urussanga 799 doses dos imunizantes dos laboratórios Pfizer-BioNTech e Janssen. A imunização contra o novo coronavírus havia sido parada no município na última sexta-feira (2), por conta da alta procura das pessoas pela vacina (saiba mais aqui).

Dessas doses, seguindo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação, 30% dos imunizantes (239 doses), serão destinados para a vacinação dos trabalhadores industriais e os outros 70% para a continuidade da vacinação conforme a faixa etária (560 doses).

Este novo grupo prioritário engloba trabalhadores industriais e construção civil e será destinado para a faixa etária de 38 e 39 anos, sendo eles:

  • Produção, transformação e extração florestal, de petróleo, gás e minerais;
  • Fabricação de alimentos, bebidas, calçados e acessórios, derivados do petróleo e biocombustível, fumo, máquinas e equipamentos, móveis, papel e celulose, produtos de metal, de minerais não metálicos e metalurgia, produtos químicos, farmoquímicos, farmacêuticos, roupas e tecidos;
  • Produção e manutenção de veículos e outros equipamentos de transporte, bem como atividades auxiliares dos transportes;
  • Coleta, produção e tratamento de energia, gás, água, esgoto, resíduos;
  • Atividades de correio e entregas, de telecomunicações, de impressão, gravação e reprodução;
  • Construção civil;
  • Atividades de educação, saúde e segurança dos trabalhadores industriais.

No final desta tarde, o Governo Municipal, através da Secretaria de Saúde, fará uma reunião com a Associação Comercial Industrial de Urussanga (ACIU) para repassar e alinhar as novas orientações das vacinações deste novo grupo prioritário. Para vacinação, os trabalhadores industriais devem apresentar documento com foto, CPF ou Cartão SUS e para comprovar sua atuação, carteira de trabalho ou crachá funcional ou contracheque, além de declaração da empresa com indicação de CNAE e de sua descrição, cuja cópia poderá ser retida pela equipe de vacinação para fins de auditoria.

Os munícipes devem comparecer a Unidade Básica de Saúde (UBS) de seu bairro de residência portando cartão de vacinação e documento de identificação. A equipe de saúde vacinará os acamados ou domiciliados nas residências.

Para melhor atender os munícipes, o horário de atendimento nas UBS será estendido até às 19h.  Nos próximos dias, as vacinações ocorreram normalmente, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Colaboração: Nayglon Goulart  / Assessoria de Comunicação