De 1º a 30 de junho, os brasileiros poderão comprar produtos apícolas de Santa Catarina sem sair de casa e com preços tabelados. Na 2ª edição da Feira Virtual do Mel de Santa Catarina, cerca de 30 apicultores e meliponicultores de diferentes regiões do estado estarão com seus produtos à venda pelo site (acesse aqui). A feira é uma realização da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (Faasc), da Epagri, empresa do Governo de Santa Catarina, e do Sebrae/SC.

Pela segunda vez, por conta da pandemia, produtores optaram pelo formato virtual da feira, que até 2019 ocorreu no Centro de Florianópolis. O novo canal permitiu ampliar as vendas para todas as cidades catarinenses e também para outros estados, mostrando a qualidade do mel de Santa Catarina para todo o Brasil.

Além de mel de diversas floradas, mel composto, mel com certificação orgânica e mel de melato de bracatinga, o público poderá comprar outros produtos, como balas, bolachas, bolos, cera de abelha, própolis, favo de mel, pão de mel, pólen e vinagre de mel.

Expansão do mercado

De acordo com o presidente da Faasc, Ivanir Cella, a ideia é aproximar o produtor do consumidor, divulgar o potencial, a qualidade e a diversificação do produto catarinense. “Com o site estamos estabelecendo novos mecanismos de comercialização do nosso mel, buscando o desenvolvimento territorial e agregando valor aos produtos. Assim também podemos expandir a feira do mel de Santa Catarina para consumidores de todo Brasil, que vai ter acesso aos melhores méis, todos com certificação”, diz Cella.

A plataforma do evento não é um e-commerce – ela aproxima o consumidor do produtor. Nela, o comprador pode escolher um fornecedor para a sua cidade e entrar em contato diretamente com ele. A venda do mel será tabelada como todos os anos (confira os preços abaixo), porém os demais produtos são negociados junto ao produtor, assim como o frete.

Preços de produtos tabelados:

  • Mel silvestre, de eucalipto e uva Japão – Pote de 1 kg: R$30
  • Mel orgânico – Pote de 1 kg: R$35
  • Mel de melato – Pote de 1kg: R$35

Obs.: Os demais produtos são de livre negociação com o fornecedor.

A motivação para a segunda edição virtual da feira veio do resultado da primeira, realizada no ano passado, que surpreendeu os organizadores. “Foi um sucesso pela grande repercussão que teve o mel catarinense, que ganhou alcance nacional oportunizando a divulgação e muitos contatos comerciais aos feirantes. Durante um mês, a feira alcançou 13 mil pessoas e elevou as vendas dos expositores em 10%”, comemora o chefe da Divisão de Estudos Apícolas da Epagri, Rodrigo Durieux da Cunha.

Confira a entrevista completa de Rodrigo concedida à Rádio Marconi sobre o assunto:

 

Meliponicultura é premiada

Uma atividade que vem ganhando força na agricultura familiar catarinense com forte apoio da Epagri é a meliponicultura, a criação racional de abelhas nativas. A Empresa desenvolve diversas ações para a preservação, o manejo e a multiplicação das espécies sem ferrão, em um trabalho que resulta, anualmente, na introdução de milhares de abelhas nativas no Bioma Mata Atlântica. Já são aproximadamente 6 mil famílias rurais catarinenses que têm na meliponicultura uma fonte de renda complementar. Esse trabalho que alia preservação ambiental e segurança alimentar venceu o Prêmio Expressão de Ecologia 2020/2019 e recebeu o troféu Onda Verde na categoria Conservação da Vida Silvestre.

Com informações do Governo de Santa Catarina