O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae) de Morro da Fumaça começou a realizar a interligação dos sistemas da área central do município e do distrito de Estação Cocal. O projeto totaliza cerca de 9 quilômetros de rede nova. Nesta terça-feira (25), a equipe do Samae esteve na Rua Júlio Coral, conhecida como Rua do Capim Graxa. “Esta primeira parte é uma parceria público/privada, já o restante será com recursos próprios do Samae. A interligação dos sistemas irá melhorar ainda mais o abastecimento tanto do centro, quanto de Estação Cocal, além de outros bairros”, enfatiza o diretor-presidente do Samae, Rogério Sorato.

O custo total da interligação entre as redes do Centro e de Estação Cocal é de aproximadamente R$ 1,4 milhões, com recursos próprios, além de R$ 400 mil, através de emenda parlamentar do deputado federal, Daniel Freitas.

A previsão para este ano é aumentar a rede de abastecimento de água em pelo menos 16 quilômetros. Além disso, está no projeto do Samae de Morro da Fumaça a ampliação das duas Estações de Tratamento de Água (ETAs). “Sempre digo que a municipalização do abastecimento de água foi a maior ação de nosso primeiro mandato, pois mudou a vida dos fumacenses para melhor. Muitos que antes sofriam com a falta de água, hoje não enfrentam mais este problema”, fala o prefeito, Noi Coral.

Esgoto sanitário

O abastecimento de água de Morro da Fumaça foi municipalizado em abril de 2018. Agora, o Samae fará o esgotamento sanitário. Para isso, o órgão já lançou o edital para a primeira parte do projeto. “É um trabalho que iniciaremos agora com recursos próprios, pois sabemos o quão importante é termos o saneamento básico. Isso é qualidade de vida e saúde da população”, diz o prefeito.

Ainda no ano passado, o Samae revisou o Plano Municipal de Saneamento Básico, que está disponível no site. “Em 2021 também iremos ampliar as duas Estações de Tratamento de Água (ETA’s) e universalizar o abastecimento, ou seja todas as casas do município poderão pedir a ligação que teremos redes para atender”, revela Sorato.

Colaboração: Marciano Bortolin / Assessoria de Comunicação