A deputada federal Carmen Zanotto retornou ao seu posto após a volta do governador Carlos Moisés e as trocas das secretarias. A deputada havia sido nomeada para a pasta da Saúde por Daniela Reinehr durante o seu mandato de exercício com o processo de impeachment de Moisés. Carmen, que também é enfermeira, afirmou à Rádio Marconi que deixou a secretaria com o sentimento de dever cumprido frente à saúde de Santa Catarina.

Confira a entrevista na íntegra com a deputada Carmen para o programa Comando Marconi:

 

“Não fui para uma disputa política de A ou de B, eu fui para um chamamento e compreendo que na medida do possível eu consegui cumprir com os meus deveres dentro da Secretaria do Estado de Saúde”, afirmou a deputada. Carmen disse que ainda é necessário o acompanhamento diário junto aos profissionais de saúde para que não falte os medicamentos necessários do conhecido Kit Intubação para nenhum paciente, e que esse dever aconteceu durante o período em que esteve no governo. “Uma outra questão que a gente conseguiu avançar foi no número de leitos ativos do estado para atendimento de pacientes Covid, porque uma parte desses leitos não estava sendo financiado pelo Ministério da Saúde”, comentou.

Da Redação