A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou a Operação Semana Santa 2021 em todo o Brasil. A mobilização começou nesta quinta-feira (1°) à meia-noite e terminará no domingo (4) às 23h59min. Evitar acidentes nunca foi tão importante quanto neste momento, o pior da pandemia. “Cada vítima a menos no trânsito é um leito a mais disponível no hospital para um paciente com Covid-19”, afirmou o chefe de comunicação da PRF, inspetor Adriano Fiamoncini.

De acordo com Fiamoncini, devido à tradição religiosa da Páscoa, o movimento nas rodovias federais deve ser mais intenso no sentido interior do estado entre a quinta e sexta-feira. Já a volta para casa deve ter maior fluxo sentido litoral, concentrado no domingo à tarde e a noite.

Ouça mais sobre o assunto com o inspetor Adriano Fiamoncini:

 

No ano passado, por causa do alto índice de isolamento social ocorrido no início da pandemia, não houve Operação Semana Santa. Já em 2019, foram registrados nos quatro dias de feriado 96 acidentes, nos quais 123 pessoas ficaram feridas e duas morreram nas rodovias federais de Santa Catarina.

A PRF também faz um alerta aos motoristas profissionais: como acontece em todos os feriados prolongados, para aumentar a fluidez do trânsito e diminuir o risco de acidentes nas rodovias federais de pista simples, haverá restrição de tráfego para combinações de veículos de carga (CVC), caminhões bitrens com dimensões excedentes e caminhões cegonhas nos seguintes dias e horários:

  • Quinta-feira, 01/04, das 16h00 às 22h00;
  • Sexta-feira, 02/04, das 06h00 às 12h00;
  • Domingo, 04/04, das 16h00 às 22h00.

 

 

A Polícia Rodoviária Federal relembra algumas atitudes que podem salvar vidas:

  • todos os ocupantes devem usar o cinto de segurança, inclusive no banco traseiro;
  • acenda os faróis durante o dia, mesmo fora das rodovias;
  • respeite o limite de velocidade;
  • somente ultrapasse com segurança e em local permitido;
  • não transite pelo acostamento;
  • não manipule o celular enquanto dirige;
  • mantenha uma distância de segurança pro veículo que segue à frente;
  • diminua a velocidade em trechos urbanizados das rodovias;
  • se beber, não dirija.

Colaboração: PRF / Núcleo de Comunicação Social