A Saúde de Santa Catarina vai parar para pedir socorro e a ajuda da população. Um ato em frente aos Hospitais e Unidades de Saúde em todos os 295 municípios catarinenses vai demonstrar apoio aos profissionais da área, pelo trabalho incansável e em solidariedade aos familiares das vítimas da Covid-19. A ação, apoiada pelos gestores municipais de Saúde, com a coordenação do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (COSEMS/SC) tem o objetivo de levar o reconhecimento e estímulo aos trabalhadores que estão na linha de frente no combate à pandemia. A movimentação irá ocorrer nesta sexta-feira (19) entre 11 e 12 horas.

A ação é também um gesto de empatia e apoio às famílias que perderam seus entes queridos para o coronavírus e um pedido de socorro para todo o Sistema de Saúde Catarinense. No momento crítico e gravíssimo, que exaure e esgota física e mentalmente os médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, motoristas da saúde e assistentes de outras áreas, o COSEMS/SC vem, pela terceira vez, clamar apoio à sociedade para que ajude a socorrer a Saúde e siga as regras básicas de combate a esta pandemia ao usar máscaras em todos os locais, higienizar as mãos e cooperar em fazer o distanciamento social.

Respaldado pelo apoio dos secretários municipais de Saúde, o presidente do COSEMS/SC, Dr. Manuel Del Olmo, afirma que sem o apoio e a colaboração de cada cidadão catarinense será mais difícil e catastrófica a travessia dessa pandemia – a maior tragédia sanitária dos últimos cem anos – com a perda irreparável de muitas vidas no estado.

Colaboração:Celso Bevilacqua / Imprensa COSEMS/SC