A cada safra, a colheita da uva na cidade de Urussanga, ganha novos e promissores significados. Seja pela procura de visitantes para conhecer a Indicação de Procedência “Vales da Uva Goethe” ou atraídos pela região Encantos do Sul, o resultado final é o crescimento do turismo.

Os atrativos se consolidam anualmente e a realização da 13ª edição da Vindima Goethe, entre 9 e 24 de janeiro deste ano, solidifica este desenvolvimento. A gastronomia singular com produtos locais aliada aos vinhos e espumantes elaborados com esta rara variedade de uva foram elementos que se uniram às experiências tradicionais, como colheita e pisa, durante a programação.

Esta aposta já projeta um novo caminho para o município. Uma parceria entre iniciativa privada e poder público alinha ações a fim de aprimorar essas experiências turísticas e lançar ao mercado Urussanga como uma opção de destino aos viajantes, entre a serra e o litoral catarinense. Vales da Uva Goethe, ecoturismo e turismo de aventura, cicloturismo, rota cervejeira, imersão gastronômica, entre outros produtos do segmento serão ofertados aos visitantes.

Vislumbrando o crescimento da economia local, ações de planejamento e desenvolvimento constam como objetivos do Plano Municipal de Turismo de Urussanga, sancionado recentemente como Lei nº 2.960. Entre elas estão priorização turística, atração de investidores, posicionamento, potencialização do produto turístico e sensibilização da sociedade.

A 13ª Vindima Goethe foi uma realização da Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe) em parceria com a Prefeitura de Urussanga, por meio do Departamento de Cultura e Turismo, a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e a iniciativa privada representada pela Governança de Turismo de Urussanga.

Colaboração: Eliana Maria Maccari / Assessoria de Comunicação