O médico de 28 anos, Lucas Bittencourt Fernandes, atua desde o início da pandemia no Centro de Triagem ao coronavírus. O profissional foi o primeiro vacinado contra a Covid-19 de Morro da Fumaça, na tarde desta terça-feira (19). “É emocionante. Agradeço o carinho e por terem me escolhido para ser o primeiro.” Após tomar a primeira dose, disse que a vacina é uma luz no fim do túnel. “É uma ponta de esperança nesta pandemia”, cita.

A imunização na cidade teve início, e após vacinar todos os integrantes da equipe do Centro de Triagem, os profissionais do Samu, do pronto socorro e da ala de atendimento aos pacientes de Covid-19 do Hospital de Caridade São Roque também receberam a primeira dose.

O segundo vacinado da cidade foi o farmacêutico, Agenor Miranda Neto, de 25 anos, que também atua no Centro de Triagem desde o início da pandemia. Saber que a vacina chegaria na cidade nesta terça-feira, deixou o trabalho mais leve, segundo ele. “Torna o clima diferente. A gente já trabalha melhor porque diminui o nível de contaminação dos funcionários”, relatou.

As doses foram aplicadas pela técnica de enfermagem e vacinadora, Larici Sartor Comicioli.

“A vacina traz esperança”, afirma Noi Coral

Mesmo a quantidade de doses recebida sendo inferior e insuficiente para atender a demanda, o prefeito Noi Coral, que acompanhou a vacinação, ressalta que a vacina traz esperança. O prefeito ainda destacou o trabalho desempenhado pelos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate à pandemia. “Só temos que agradecer a todos os profissionais de saúde. Pessoas que, enquanto muitos estavam relaxando nos cuidados, estavam atendendo. A nossa administração é muito grata. Já ouvi muitas frases sobre a vacina, mas eu prefiro dizer que é uma esperança. Graças a Deus ela chegou”, enfatizou.

Plano de Vacinação

O município segue o Plano de Vacinação, sendo que neste primeiro momento são vacinados os profissionais que estão na linha de frente no combate à pandemia, como por exemplo, aqueles que atuam no Centro de Triagem, no pronto socorro e ala que atende pacientes de Covid-19 do Hospital de Caridade São Roque, do Samu e vacinadoras. “Nada mais justo que iniciar pelos profissionais da linha de frente. O ano passado foi muito difícil e vocês merecem todo o nosso reconhecimento. Muitas pessoas passaram pelas mãos de vocês e alguns, infelizmente, partiram e nós lamentamos muito por isso. São poucas doses, mas temos certeza que nos próximos meses toda a população pode estar imunizada”, falou o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo, dirigindo-se aos profissionais.

Os profissionais são imunizados no próprio local de trabalho. Neste primeiro momento, Morro da Fumaça, assim como os outros municípios, recebeu a primeira dose. A segunda será enviada pela Secretaria de Estado da Saúde posteriormente. “É um momento histórico para a região e para Morro da Fumaça, pois a vacina traz esperança de que passaremos por esta pandemia. Somos gratos ao trabalho desempenhado por todos os profissionais de saúde de nosso município. O que podemos fazer para melhorar, é feito. O Governo Municipal está sempre buscando melhorias. A nossa gratidão pelo trabalho de cada um”, comentou a secretária do Sistema de Saúde, Marijane Felippe.

Da área da saúde, o presidente do Legislativo, que é psicólogo, Luciano Formentin, também acompanhou o início da vacinação. “Trabalho na área da saúde e sei que não é fácil. A pressão psicológica nos últimos meses é grande, mas só vimos elogios ao trabalho dos profissionais. Esperamos que nas próximas semanas cheguem mais vacinas para que todas as pessoas que precisam consigam ser imunizadas”, ressaltou.

Colaboração: Marciano Bortolin / Assessoria de Comunicação