Uma comitiva de quatro vereadores de Urussanga estarão embarcando com destino a Brasília no próximo dia 14. O objetivo é conseguir emendas parlamentares para o Hospital Nossa Senhora da Conceição de Urussanga.

No entanto, a ida dos parlamentares quase não aconteceu. É que o presidente da Câmara, Zé Bis, num primeiro momento, vetou a viagem. Segundo ele, por recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), e em virtude da pandemia. Zé Bis chegou a orientar que os vereadores intermediassem a vinda de recursos para por videoconferência.

“Não que eu concordo com essa viagem. Muito pelo contrário. Mudei de posição por causa do hospital”, afirma o presidente da Câmara, Zé Bis, em entrevista ao programa Comando Marconi desta quinta-feira (03). Ouça a entrevista:

 

Presidente da Comissão Pró-Hospital na Câmara há 8 anos, o vereador Odivaldo Bonetti também participou do programa desta quinta-feira (03). “Não é brincadeira essa comissão. Os vereadores da comissão trouxeram R$ 6 milhões em emendas parlamentares. Esse ano o Zé Bis negou a comissão de trabalhar. Não é por causa da pandemia. Ele queria economizar para devolver ao executivo, essa é a verdade”. Ouça a entrevista:

 

O presidente do Hospital de Urussanga, Antônio Roberto Dutra, também falou sobre a ida dos vereadores à Brasília. Ouça a entrevista: