A Celesc reabre hoje (19) e amanhã (20), às 12h, as inscrições para a seleção de projetos culturais e esportivos em atividade no estado, previamente aprovados pelas Leis Federais de Incentivo à Cultura e aos Esportes, com o objetivo de destinar recursos fiscais para iniciativas que atendam objetivos estratégicos, como Responsabilidade Socioambiental e Desenvolvimento Sustentável.

A reabertura foi feita porque os interessados não poderiam ter em mãos a certidão de quitação eleitoral necessária para a inscrição dos participantes Pessoas Físicas. Essa indisponibilidade ocorreu apenas no último dia das inscrições (16), em virtude do processo eleitoral ocorrido no dia 15 de novembro de 2020.

As inscrições das pessoas físicas poderão ser realizadas sem o envio da certidão de quitação eleitoral, que será solicitada pela Celesc para os proponentes classificados quando o sistema do Tribunal Superior Eleitoral estiver disponível.

O regulamento completo, o formulário de cadastro e as orientações de preenchimento estarão disponíveis a partir deste dia 19 de novembro, pelo link https://socioambiental.celesc.com.br/.

Sobre a seleção

Esta é a segunda edição da Chamada Pública para esse tipo de seleção, criada pela Celesc em 2019, quando mais de R$ 2 milhões em incentivos fiscais foram destinados a 61 projetos, sendo 43 culturais, entre concertos musicais, espetáculos de teatro e dança, eventos culturais de circulação estaduais e 18 esportivos de diversas modalidades, como rugby, futebol, surf, vôlei, futebol adaptado para cadeira de rodas, entre outros. Em 2018, a Celesc aportou quase R$ 2 milhões em 21 projetos por meio da Celesc Distribuição e Celesc Geração.

Para participar, pessoas físicas e jurídicas podem cadastrar seus projetos no site da Celesc, encaminhar os formulários necessários para a avaliação da Comissão de Aporte de Recursos da empresa e ficar atentos ao cumprimento dos critérios para participar da seleção. Os projetos classificados e os valores aprovados serão divulgados no site da Celesc até 11 de dezembro de 2020.

Colaboração Texto: Marcelle Fernandes-Edição Heda Wenzel/Comunicação Celesc