Os dois homens acusados do feminicídio de uma mulher grávida de sete meses na manhã da última quarta-feira (14), em Sombrio, tiveram prisão preventiva decretada em audiência de custódia realizada na tarde desta quinta-feira (15).

O ex-companheiro da vítima, acusado de desferir os disparos que causaram sua morte, fugiu de carro logo após o crime juntamente com seu irmão, que teria auxiliado na fuga. A dupla foi presa no município de Itapema, a mais de 280 quilômetros do local do crime. O processo tramita em segredo de justiça.

 Colaboração: Jornalista Fernanda de Maman / Comunicação TJSC