A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou ao Governo Federal na última semana um estudo com proposta de retorno do público aos estádios de futebol. A proposta que o Ministério da Saúde analisa não trata de data específica, mas a estimativa é em meados de outubro.

Ainda não há protocolo montado sobre o retorno. A intenção do Ministério da Saúde é ter novos elementos de estudo da CBF, auxílio dos clubes e mais informações para embasar a iminente liberação de público.

A proposta engloba as seguintes diretrizes iniciais:

  • Estádio liberado para até 30% da capacidade de público.
  • Sem torcida visitante, apenas com o público do mandante.

Diante dessas informações, o Criciúma aguarda as definições das autoridades para elaborar uma logística que atenda todas as exigências, garantindo segurança aos torcedores carvoeiros na volta ao Majestoso.