O Criciúma anunciou a rescisão de contrato do atacante Jajá e do zagueiro Cayque. Uma briga entre os dois, no Centro de Treinamento Antenor Angeloni, motivou a decisão. A confusão ocorreu na noite desta terça-feira (15). A Polícia Militar precisou ser acionada e um boletim de ocorrência foi registrado.

De acordo com o B.O, Cayque relatou que chegou a ser ameaçado com uma faca. Por entender que o comportamento de ambos foi inadequado, o Criciúma optou pelo desligamento.

O atacante Jajá, de 22 anos, fez 16 partidas com a camisa do clube na temporada. Cayque é atleta das categorias de base e ainda não estreou como profissional.