Polícia Civil prende homem que cometeu feminicídio em Garopaba

A prisão aconteceu na noite de quarta-feira (1), na cidade de Santa André, em São Paulo.

101
Foto: Polícia Civil

A troca de informações entre a Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Civil de São Paulo resultou na prisão de um homem suspeito de ter praticado um feminicídio, em 2018, na cidade de Garopaba. A prisão se deu em cumprimento a uma ordem judicial. A prisão aconteceu na noite desta quarta-feira (1), na cidade de santo André, em São Paulo.

O crime ocorreu no dia 16 de dezembro de 2018 e desde então o suspeito estava foragido. A vítima foi encontrada numa pousada no bairro Ferraz. Após a localização do corpo, desde o princípio, os elementos de provas e circunstâncias apontavam para o companheiro da vítima, sobre o qual já pesavam ocorrências anteriores de violência doméstica e passagens por outros crimes. Contra o suspeito também existia um registro de prisão em flagrante, em outros municípios de Santa Catarina, por crimes relacionados a Lei Maria da Penha.

De acordo com o que foi apurado pela investigação, desde dezembro de 2018, o suspeito passou por diversos Estados da Federação, dentre eles, Mato Grosso, Bahia e por último estava escondido em São Paulo, local onde foi preso por policiais civis daquele Estado.

A prisão do suposto autor se tornou possível após longa investigação da equipe de Policiais Civis da Delegacia de Garopaba, os quais contaram com o auxílio incondicional da Polícia Civil do Estado de São Paulo representados pela Delegacia Seccional de Guarulhos/SP e, por último pela DISE – Delegacia Seccional de Santo André/SP, a qual deu efetivo cumprimento ao mandado de prisão contra o foragido

O preso deverá ser transferido nos próximos dias para Santa Catarina onde vai responder pelo crime de homicídio qualificado pelo feminicídio.