A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, visitou a Associação Beneficente Nossa Casa, em Criciúma, no final da tarde deste sábado (27). Acompanhada da vice-governadora Daniela Reinehr, e dos deputados federais Daniel Freitas e Caroline De Toni, Damares conheceu um pouco dos trabalhos e projetos desenvolvidos. Também recebeu o pedido da Direção da entidade para apoio em novas iniciativas.

“Estou impressionada com o trabalho desenvolvido aqui. Criciúma tem um povo extraordinário. Vocês, da Nossa Casa, já conseguiram mudar gerações”, afirmou. Damares cumpre agenda na região carbonífera neste fim de semana. Para ela, a presidente da Nossa Casa, Jucelane Barbosa Marques, entregou o projeto de Apadrinhamento Afetivo. “O objetivo é fazer com que crianças e adolescentes com chances remotas de adoção encontrem um padrinho ou madrinha para que possam recuperar os laços afetivos”, afirmou a presidente.

Para a vice-governadora Daniela Reinehr, o pedido foi para que a Casa volte a receber recursos do Governo do Estado, algo que está suspenso desde 2012. “Tenho uma preocupação grande pelas crianças especiais e sei que vocês atendem aqui também”, reforçou Daniela.

A vinda da ministra foi intermediada pelo deputado Daniel Freitas, que hoje integra a Frente pela adoção e convivência de crianças e adolescentes no Congresso. A ele, a Direção da entidade pediu o apoio para a compra de veículos para o transporte das crianças. “Vocês já têm o meio apoio e também o aporte de R$ 50 mil que hoje estão disponíveis na conta do Município”, garantiu Freitas.

As lideranças políticas foram presenteadas com quadros produzidos pelas crianças e adolescentes dentro do projeto Pintando o Sete. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a ministra e sua comitiva não conheceram as 16 crianças abrigadas. Ela prometeu vir em uma nova oportunidade para visitar integralmente a Casa.

Colaboração: Assessoria de Imprensa – Marli Vitali