Roubos e furtos caem 65, 4% em Santa Catarina

Segundo o delegado-geral, Paulo Koerich, a queda não pode ser relacionada apenas à quarentena, mas também a ação rápida e insistente das forças policiais.

52
Foto: Polícia Civil

De acordo com dados da Gerência de Estatística e Análise Criminal (GEAC/DINI/SSP/SC), no dia 16 de março, tínhamos o registro de 289 furtos e roubos, já neste domingo, 22, o número caiu para 100, uma queda de 65,4%. No que se refere à violência doméstica tínhamos 154 registros e agora temos 100, uma queda de 35,6%.

Segundo o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e delegado-geral, Paulo Koerich, a queda não pode ser relacionada apenas à quarentena, mas também a ação rápida e insistente das forças policiais.”Estamos em uma força-tarefa para manter a ordem, a segurança e a saúde pública. Temos muitos policiais nas ruas, praticamente todo o efetivo está engajado”, enfatiza.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Desde a vigência do decreto 515, a Polícia Civil colocou nas ruas 1.166 policiais e a Polícia Militar mais 1.300, somando 2.466 policiais nas ruas preparados para atender qualquer tipo de ocorrência, não somente relacionadas às medidas restritivas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Queda furtos e roubos:
16/03 = 289
22/03 = 100
– 65,4%

Violência doméstica:
16/03 = 154
22/03 = 100
– 35,6%