Dois jovens são pesos por praticar homicídio em Gravatal

A vítima foi morta a facadas durante a madrugada desta terça-feira (5)

193
Foto: Divulgação

Um homem de 25 anos foi morto a facadas durante a madrugada desta terça-feira (5), em Gravatal. Dois jovens, de 20 e 21 anos, suspeitos de terem cometido o crime foram presos por policiais militares e civis, durante a tarde. A Polícia Militar foi acionada pela sogra da vítima, por volta das 11h 20 min, que relatou ter recebido uma mensagem da filha durante a madrugada pedindo socorro, porém só viu tal mensagem quando acordou.

Conforme a PM, a mulher foi até a residência no bairro Pouso Alto, chamou e ninguém atendeu. Então com o apoio de um policial militar de folga conseguiu pular a janela da cozinha, encontrando o corpo do genro. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima já estava sem vida. A área foi isolada e a Polícia Civil, IGP e IML foram acionados.

A vítima possuía ferimentos na região do pescoço, possivelmente ocasionados por três facadas. A polícia percebeu que não havia marcas de arrombamento na residência. Ainda segundo relatos da sogra, na casa morava a vítima, sua filha, uma mulher de 22 anos e o bebê de oito meses e não soube informar onde elas poderiam estar.

Por volta das 14h 40min, a Central Regional de Emergência recebeu uma ligação, relatando que uma mulher entrou em um estabelecimento comercial na Termas do Gravatal, apavorada e pedindo ajuda. A guarnição conversou com a jovem de 22 anos, que disse ter presenciado o homicídio e que ela e sua amiga foram mantidas em cárcere privado por dois homens, mas que tinha conseguido fugir.

Segundo a PM, a outra mulher estava em poder dos dois homens. Após receber as informações do local em que estavam, a Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil deslocaram até Praça dos Direitos Humanos, no bairro Termas do Gravatal, e abordaram os suspeitos, dois homens de 20 e 21 anos, juntamente com a outra mulher.

Os dois homens receberam voz de prisão por serem suspeitos de praticar o homicídio e foram conduzidos para Delegacia de Polícia Civil de Gravatal.