Urussanguenses acompanharam a canonização da Irmã Dulce no Vaticano

Ruberval Francisco Pilotto e Maria Cristina Lapolli Pilotto estiveram presentes na cerimônia de canonização da primeira santa brasileira

368
Foto: Divulgação

Na manhã de ontem, domingo (13), a canonização da Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa brasileira, marcou a história da religião católica. A cerimônia que a tornou santa, aconteceu na Praça de São Pedro, no Vaticano, lotada de fiéis.

Os urussanguenses, Ruberval Francisco Pilotto e sua esposa, Maria Cristina Lapolli Pilotto acompanharam de perto a canonização de Irmã Dulce. Hoje pela manhã, o Programa Ponto de Encontro entrevistou o urussanguense diretamente do Vaticano. Ouça:

 

A redação