Polícia Civil e Famor apreendem 37 pássaros irregulares em Orlenas

Além do crime ambiental, o proprietário dos animais será autuado e multado administrativamente

263
Foto: Divulgação Polícia Civil

Nesta quarta-feira (9), a Polícia Civil com o apoio da Fundação do Meio Ambiente de Orleans (Famor), deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão na residência de V. F., de 54 anos. No local foram apreendidos 37 pássaros de diferente espécies, dentre eles coleiro, azulão, sabiá, tico-tico, trinca-ferro, curió entre outros, sem o devido registro e 8 anilhas sem utilização, que ao que indicam serviam para “legalizar” pássaros irregulares.

V. F. foi conduzido para a delegacia de polícia para os procedimentos cabíveis. O mesmo homem já havia sido investigado em um inquérito de receptação de pássaro furtado, no final de 2018. Além do crime ambiental, ele será autuado e multado administrativamente.

A caça e a criação ilegal de pássaros é punida com até 1 ano de detenção.