35 anos da maior tragédia da mineração carbonífera

Explosão na mina Plano 2 ocorreu no amanhecer do dia 10 de setembro de 1984

559
Foto: Arquivo Antonio Colossi

Uma tragédia marcante para a mineração brasileira completa 35 anos nesta terça-feira. No dia 10 de setembro de 1984, 31 mineiros perderam a vida após uma explosão na mina Plano 2, localizada no Distrito de Santana em Urussanga.

A mina era administrada pela empresa Companhia Carbonífera Urussanga (CCU). O acidente, causado por gás metano, aconteceu por volta das 5h30 e a maioria das mortes foram provocadas por intoxicação.

Colaboração: Portal Engeplus