O Espaço Cultural Fretta, abre no próximo sábado, dia 18, a exposição do escultor criciumense Gil Galant. O artista é um dos mais renomados artistas do sul do Brasil na arte de esculpir em madeira. Seu trabalho é reconhecido no meio artístico catarinense, tendo sido, inclusive, premiado no Salão Jovem Artista em 2008 em Florianópolis.

Galant é um estudioso do ofício escultórico, centrando sua pesquisa na figura humana e suas possibilidades diante da madeira, que é coletada na região carbonífera, como ipê, canela, jacarandá, peroba, pinho, entre outras mais exóticas.

Sua  obra não é apenas um convite a uma experiência estética. É também um convite à reflexão, pois sua arte “exala” uma profunda relação entre o ser humano e o seu mundo, produzindo questionamentos, desafios e provocações. Nada ocupa um lugar definitivo, nada está plenamente resolvido, não existe uma resposta pronta e um manual de instrução para decifrar a charada da esfinge. Para o artista o que existe de fato é uma concorrência de forças antagônicas, que por sua vez, produz a tensão e a tensão gera o movimento; e o movimento está na arte.

Galant usa a madeira como material expressivo. Nela, revela formas intuídas ou previamente estudadas. Para ele a tarefa do verdadeiro escultor é a subtração do desnecessário, uma vez que a obra já está contida no tronco a sua frente, fazendo menção ao mestre dos escultures, Michelangelo Buonarroti.

E como tal, o aprimoramento de sua técnica é fruto de muito trabalho, de muita pesquisa e experimentação.

A abertura da exposição é sábado às 10h 30min e estará à  disposição do público para visitação até do dia 30 de junho no horário comercial. As visitas também podem ser feitas em grupos mediante agendamento prévio.