A notícia que a Marconi AM 780 não deu!

A emissora que operava nas duas frequências permanecerá na FM 99.9

490

A Rádio Marconi, conhecida popularmente como “A Voz dos Vinhedos”, encerrou, às 08h51min32s, desta terça-feira (06.11.18), as suas transmissões pela sintonia AM-780, que desde 1951 estava no ar. O atual Diretor Presidente, Padre Daniel Pagani, acompanhado do Diretor Secretário, Sérgio Roberto Maestrelli (que representou todos os outros diretores) e do Gerente Administrativo, André Niclele, apertaram o botão que desligou o transmissor AM. Daquele minuto a frente a AM 780 está e permanecerá para sempre, em silêncio. As informações diárias não serão mais noticiadas por ela. A necessidade de renovação é a causa do desligamento.

O comunicador Jair De Ávila acompanhou todo o ato de desligamento da frequência de Amplitude Modulada da Rádio Fundação Marconi. Ouça abaixo:

 

O Diretor Secretário da emissora, Sérgio Roberto Maestrelli, destacou que não era um momento de tristeza, mas sim um momento de emoção. “É um grande simbolismo. Hoje, dia 06 de novembro de 2018, depois de 67 anos, se desliga o transmissor e silencia para sempre a AM-780, ondas médias, A Voz dos Vinhedos. Que continue para o futuro e eternidade as ondas da 99.9, que ainda é A Voz dos Vinhedos. Lembramos os funcionários, que desde o início até hoje, fizeram funcionar a rádio Marconi. Lembrando a equipe do Padre Agenor que iniciou esta grande história lembramos o sonho visionário que se tornou realidade. Lembramos a inauguração da Rádio, quando o Padre Agenor ligou o transmissor e gritou “Está no ar ZYT-22”. Padre Agenor tinha todas as condições para viver como uma águia, mas que optou em ser uma “Andorinha Mensageira” e levando as suas mensagens desde as brancas areias do Atlâncico Sul até o Planalto Serrano. O Padre Agenor há 67 anos ligou o transmissor, e hoje, o seu sucessor, o Padre Daniel Pagani, desliga a AM-780”, comenta Maestrelli.

O Gerente Administrativo, André Niclele, comentou que o momento foi muito importante pra a emissora, pois 2018 é o ano da migração. “Neste ano entrou a FM no ar, esta foi uma maneira de manter viva as ondas sonoras da Marconi, pois o AM está se acabando. Sabemos que o AM 780 foi importantíssimo nestes 67 anos sempre levando comunicação, evangelização e informações a todos os ouvintes. Agora, como tudo na vida passa, a sintonia AM 780 está dando espaço para a chegada do canal FM. A Frequência Modulada tem alguns anos pela frente, mas a tecnologia e o mundo digital evolui, então, passamos a usufruir desta sintonia até quando for possível”, destaca Niclele. E o jovem gerente ainda acrescenta: “Para mim é gratificante fazer parte deste momento, porque gosto muito desta rádio, são somente pelo cargo profissional que exerce, mas também pelo meu sentimental. A Marconi sempre fez parte da minha vida, desde criança”, lembra ele.

Já o atual Diretor Presidente, Padre Daniel Pagani, enfatizou que o momento foi emocionante. “Me sinto emocionado em estar aqui agora. Eu sempre fui ouvinte da Rádio Marconi. Desde pequeno eu ouvi o Padre Agenor e verificava o amor que ele tinha pela emissora. Posso dizer que tudo o que foi feito, o trabalho, esforço, agora está em novo tempo. A Marconi passa para uma nova era. O canal AM 780 vai ficando no passado, mas jamais será esquecido, pois será lembrado por todos que fizeram pare desta família. Nós lembramos os padres que passaram e foram diretores deste meio de comunicação”, lembra o Pároco de Urussanga.

Com a união das mãos dos representantes da emissora, naquele momento, a chave que desligou para sempre a AM-780 foi apertada. Depois de 67 anos no ar a sintonia saiu em definitivo do ar. Com este breve discurso o Presidente da emissora conduziu o ato: “Você que nos acompanha ouvindo pelo AM-780 é chegado o momento. Muito obrigado AM-780! A partir de agora a AM para de funcionar e você vai estar apenas na FM. Então, eu, André e o Sérgio vamos apertar o botão! A partir deste momento o AM-780 não existirá mais…silencia a frequência 780… E agora estamos apenas no 99.9 FM”, finalizou o padre.

Veja o momento exato do desligamento

 

Conheça  a Marconi

A “Voz dos Vinhedos”. O slogan acompanha a Rádio Marconi, fundada em 10 de fevereiro de 1951. Foi fundada por Monsenhor Agenor Neves Marques (in memorian). A Rádio Marconi abrange 20 municípios, entre serra, sul e extremo sul-catarinense, alcançando quase 1 milhão de ouvintes.

Informação correta, isenta, com espaço para a pluralidade de opiniões e análise crítica do que está por trás dos fatos: este é o conceito do jornalismo praticado pela Rádio Marconi. São cerca de 40 profissionais, contando jornalistas, repórteres, produtores, editores, âncoras, comentaristas e prestadores de serviços.

Desde o início de sua trajetória, a Rádio Marconi teve como principal referência a transmissão de programas religiosos e missas. Além disso, conta até hoje com uma programação jornalística, esportiva e popular.

A Rádio Marconi também inovou quando implantou a rádio via internet HD, além de ter sido a pioneira na região a adquirir o “Codec”, aparelho de transmissão com sinal digital. A partir de hoje segue apenas pela sintonia FM 99.9.

A Marconi tem a missão de produzir e distribuir conteúdo popular de qualidade em notícia, serviço, entretenimento e futebol, com emoção, agilidade, interatividade e linguagem acessível, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. E tem como visão transmitir alegria, bom humor e amizade, com foco em conteúdo local.

Sobre a Migração

Assim é a Rádio Fundação Marconi, agora a 99.9 FM, que continuará sendo “Marconi, a Voz dos Vinhedos’, porém em uma nova frequência, som mais limpo, sem ruídos, podendo ser ouvida em diversos recantos, ganhando um reforço com o portal www.radiomarconi.net, quando as pessoas podem ouvir o dia a dia da emissora, em todas as partes do mundo. E você, que de casa nos ouve, é parte integrante da Rádio Marconi, pois é para você, ouvinte, que a programação ‘NO JEITO MARCONI DE SER’, é feita. Fica aquí o agradecimento em nome da Marconi, pois fazem parte da história da emissora.

No dia 18 de julho de 2018 entramos, oficialmente, na FM 99.9. Confira aqui como foi a festa de migração.

Da Redação