O primeiro passo para a efetiva gestão das águas da Bacia do Rio Urussanga foi dado na tarde desta quarta-feira, dia 18, durante o primeiro encontro regional para elaboração do Plano de Recursos Hídricos. População, poder público e usuários de águas dos municípios de Cocal do Sul, Pedras Grandes e Urussanga se reuniram na Estação Experimental da Epagri de Urussanga e acompanharam a explanação de técnicos da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), responsável pela execução do projeto.

A equipe técnica responsável pela coordenação do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Urussanga apresentou a base do projeto, as etapas e a relevância deste instrumento de planejamento e orientação que determina os critérios necessários para recuperação, preservação e conservação da água, além de definir o cenário atual de oferta e demanda e projetar os possíveis panoramas futuros. “Em algumas etapas, por exemplo, vamos mostrar o rio que temos e construir junto com a sociedade o rio que queremos”, explicou o coordenador técnico do Plano, Leonardo Porto Ferreira.

Ao final da reunião, os participantes deram início a um debate abordando problemas e soluções relativos à água na Bacia do Rio Urussanga. De acordo com a equipe técnica, o envolvimento da sociedade na elaboração do plano é fundamental para identificar os interesses e anseios dos setores.

O próximo encontro deste grupo envolvendo os municípios de Cocal do Sul, Pedras Grandes e Urussanga acontecerá em uma oficina temática no dia 1º de agosto, na sala de reuniões do Paraíso da Criança, em Urussanga. O segundo encontro regional integrando população, poder público e usuários de águas acontecerá na próxima quarta-feira, dia 25 de julho, em Morro da Fumaça, e reunirá os municípios de Criciúma, Içara e Morro da Fumaça.

O Plano

O Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Urussanga irá estabelecer ações e metas estratégicas a serem executadas em curto, médio e longo prazo. O estudo visa garantir água em quantidade e qualidade aos diversos usos e o desenvolvimento sustentável da bacia. O projeto está sendo desenvolvido por técnicos da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e supervisionado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (SDS) e pelo Comitê da Bacia do Rio Urussanga. Um grupo, formado por pessoas de diferentes setores da sociedade, também contribuirá com a construção do Plano.

A Bacia

A Bacia do Rio Urussanga está localizada na região do extremo sul catarinense e possui uma área de drenagem de 679,75 km². Seu rio principal, o Rio Urussanga, surge da confluência dos rios Maior e Carvão. No encontro do rio Urussanga com o Oceano Atlântico forma-se um complexo laguna composto por lagos e arroios. A Bacia Hidrográfica do Rio Urussanga abrange 10 municípios: Balneário Rincão, Cocal do Sul, Criciúma, Içara, Jaguaruna, Morro da Fumaça, Pedras Grandes, Sangão, Treze de Maio e Urussanga.

Colaboração: Eliana Maccari