Após mais de um mês de duração da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza H1N1, H3N2 e B, o município de Criciúma conseguiu ultrapassar a meta de vacinação estabelecida para o grupo prioritário. O levantamento realizado por agentes do Setor de Imunização aponta que 92,88% da população foi alcançada, totalizando mais de 37 mil doses aplicadas.

Aproximadamente 1.500 doses do material imunobiológico que sobrou da campanha será destinado às novas grávidas e às pessoas do grupo prioritário que ainda não foram vacinadas. A imunização também será ampliada para crianças com idade entre 5 e 9 anos e adultos entre 50 e 59 anos. As doses estarão disponíveis a partir desta quarta-feira (13) nas unidades de saúde do Centro, Próspera e Boa Vista. Para as crianças que foram vacinadas pela primeira vez, a segunda dose está reservada.

De acordo com a secretária de Saúde, Francielle Gava, assim que acabarem as doses, todas as unidades estarão vacinando apenas segunda dose de crianças e gestantes. “Ao mesmo tempo que nós ficamos felizes de atingir a meta geral, ainda é preciso enfatizar que as crianças e gestantes ainda não atingiram o 90%, então, é preciso buscar a imunização”, lembra a secretária.

Público-alvo imunizado em Criciúma:

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos: 8.067 doses (69,89%)
  • Trabalhadores da saúde: 5.127 (105,71%)
  • Gestantes: 1.490 (69,95%)
  • Puérperas (pós-parto até 45 dias): 347 (99,14%)
  • Idosos: 19.165 (104,70%)
  • Professores: 3.001 (104,42%)
  • População total: 37.202 (92,88%)

Colaboração: Beatriz Formanski / Diretoria de Comunicação