Depois de 10 anos os ex-funcionários Móveis Pérola começam a receber

- Publicidade -

As pessoas que trabalhavam na extinta empresa Móveis Pérola começaram a receber os valores das indenizações pela quebra de contrato trabalhista. Passados mais de 10 anos os ex-funcionários esperavam a decisão da justiça. Enfim, agora, o caso está praticamente resolvido. De acordo com o advogado responsável pelo caso, Dr. Maurício rocha, os trâmites burocráticos foram realizados. Agora os pagamentos estão sendo liberados pela justiça. “Algumas pessoas já começaram a receber os valores, contudo os pagamentos se darão de forma gradativa, pois são muitos funcionários a receber”, lembra Rocha.

De acordo com o advogado, o dinheiro cairá direto na conta da pessoa que tem o direito. Se ela assinou os documentos que fazia o pedido junto ao administrador judicial pedindo a liberação do valor, esta irá receber em breve. “Cada trabalhador indicou uma conta para depósito, própria, da esposa, de um tio ou da mãe. Todos receberão”, tranquiliza Maurício Rocha.

As informações dão conta de que são mais de R$ 3 milhões de reais que estão sendo pagos, isto para os envolvidos na ação, os trabalhadores, os peritos, administrador judicial, advogados, contadores, enfim todos que fizeram parte do processo. Vale ressaltar que a justiça liberou noventa e cinco por cento do crédito de cada trabalhador.

Ainda de acordo com o advogado não é possível determinar um prazo para que todos estejam pagos, porém em breve os valores serão quitados. As pessoas que não estavam com o nome na lista para os pagamentos, que tenham o valor a receber, poderão ter o seu dinheiro pago. De acordo com o advogado responsável todos os que procuraram depois do tempo normal receberão o seu valor.

Ouça mais detalhes:

 

COMPARTILHAR