Após suspensa a Reforma da Previdência o governo apresentou 15 pautas que são prioridade para a área econômica do país. Estas foram apresentadas por quatro Ministros e Líderes do governo no Congresso. As informações dão conta de que 11 delas são projetos de lei, em tramitação no Congresso.

Exemplo é a reoneração da folha de pagamento e a privatização da Eletrobras, autonomia do Banco Central, reforma do Pis/Cofins, a atualização da Lei de Telecomunicações, bem como a extinção do Fundo Soberano. Para o Ministro da Fazenda Henrique Meirelles, estas seriam medidas a curto, médio e longo prazo.