Os ex-funcionários da extinta Móveis Pérola precisam esperar mais um “pouquinho” para receberem os valores devidos pela empresa. De acordo com o advogado que defende os interesses dos trabalhadores, Maurício Rocha, já foi publicado na justiça o quadro geral de quem tem direito a receber. “O administrador judicial já fez o pedido para o pagamento dos funcionários, porém com o poder judiciário em recesso não foi possível dar sequência ao processo. Com a volta dos trabalhos da justiça teremos uma reunião para marcar a data para os pagamentos”, explica Rocha.

Ainda de acordo com o advogado, as pessoas podem ficar tranquilas que muito em breve o dinheiro será pago. “Mesmo sabendo que já está tudo certo para a liberação do pagamento, é necessário esperarmos a burocracia da justiça, pois há os alvarás judiciais para todos os mais de 300 trabalhadores. Tudo isso demora um pouco para ser concluído, não é de uma hora para outra que é liberado. Sabemos que já faz um bom tempo que o processo se arrasta, mas não temos como precisar um prazo para o pagamento. Podemos dar um “chute”, entendemos que para o mês de março seja um tempo possível para os valores serem pagos. Poderá demorar mais que isso, bem como poderá ser mais rápido do que pensamos. Os ex-funcionários agora podem ficar tranquilos que o dinheiro vai ser pago, sim”, finaliza Maurício Rocha.

Ouça a entrevista concedida à Rádio Marconi, nesta sexta-feira (19):