A negociação de Lisca com o Guarani chegou ao fim nesta terça-feira. Após deixar o time campineiro na Série B do Campeonato Brasileiro, o treinador chegou a ouvir outros clubes, enquanto aguardava a resposta de uma contraproposta pela renovação salarial. A diretoria analisou e optou por não estender o vínculo do comandante, que agora fica livre para assinar com o Criciúma.

Lisca esteve no Heriberto Hülse na última segunda-feira e encaminhou o acerto com o clube catarinense.

Enquanto negocia com o Criciúma, que encerrou as negociações com Hemerson Maria, do Vila Nova, Roberto Cavalo, do Oeste, e Argel Fucks, atualmente sem clube, Lisca entrou na Justiça contra o Paraná cobrando o valor de R$ 100 mil por salários atrasados e a bonificação não paga pela boa campanha na Primeira Liga, onde foi eliminado na semifinal pelo Atlético-MG.

Mais informações no Portal Futebol Interior