Proclamada ‘padroeira das missões’, ‘santa das rosas’, a Santa Teresinha do Menino Jesus também foi adotada como padroeira da comunidade da Passagem, em Tubarão. Em homenagem à jovem carmelita francesa, a igreja católica da localidade inicia a construção do Santuário Santa Teresinha do Menino Jesus. O projeto foi apresentado ontem pelo padre Edison Souza Müller. Com quase dois mil metros quadrados, o santuário comportará mais de mil pessoas sentadas e custará R$ 4 milhões.

O projeto, feito pela arquiteta e especialista em arte sacra Miriam Reichert, será executado pela empresa Elenoir Construções. A ideia é tornar o local um referencial que atrairá os fiéis de todas as regiões, acolher peregrinos e incentivar o turismo religioso na Cidade Azul. De acordo com o padre, a arquitetura marcará uma passagem de época de estilos atuais com a utilização de tecnologia avançada evidenciando a passagem e solidificação das exigências do Concílio Vaticano II, principalmente na distribuição dos espaços internos e localização de um centro celebrativo.

“Sua forma como uma pérola entre as construções, possibilitará que se torne um monumento na cidade, atraindo amigos, vizinhos e visitantes que se encontrarão para celebrar a vida e unir-se pela fraternidade e crescimento na dignidade humana”, relata.

O santuário será o terceiro da Diocese, já que há o Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Gravatal, e o Santuário Albertina Berkenbrock, em São Martinho. O pároco ressalta que além de despertar a devoção e espiritualidade dos cristãos, o santuário deve fomentar o desenvolvimento social e econômico com o aumento de peregrinos beneficiando a rede hoteleira, o comércio, e restaurantes.

“O santuário dará maior visibilidade para a Amurel, podendo gerar emprego e outros benefícios”, ressalta. A irmã Rosa Bagio, de 79 anos, mora ao lado da igreja e sonha apreciar o santuário pronto. “Pra nós é algo divino. Quero ter a oportunidade de ver esse santuário tão aguardado recebendo milhares de fiéis”, aguarda.

Oferta para o santuário

Para tornar a obra realidade, a igreja da Passagem conta com a colaboração dos fiéis. A construtora iniciou a escavação do terreno e a estimativa é que a estrutura seja concluída em até três anos. Para alcançar os R$ 4 milhões, a igreja lançou a campanha “Cada um no seu metro cúbico”.

Os interessados em apoiar receberão um carnê com 24 parcelas de R$ 100. A instituição religiosa ainda dispõe de cartão de crédito e débito, boleto bancário sem valor estipulado, depósito bancário na Caixa Econômica agência 0425, operação 003, conta corrente 2989-6, ou ainda com doações de materiais de construção.

“Para tornar realidade esse sonho contamos com a colaboração de todos”, enfatiza o padre. Ele destaca que o santuário contará com um columbário onde serão depositadas as urnas com as cinzas humanas. “O columbário foi regulamentado e auxiliará nas questões ambientais já que os cemitérios passam por adequações em todas as cidades”, explica.

Com informações do Portal Notisul