Os 10 pontos de distância do Criciúma para o G-4 da Série B fizeram o time praticamente jogar a toalha pelo acesso. A matemática, contudo, faz o Carvoeiro ter cautela em como lidar com as últimas oito rodadas restantes. O time ainda corre risco de queda e pode até conseguir a promoção, mas aos poucos começa a olhar para a próxima temporada.

Beto Campos não deve ficar. O técnico tem compromisso firmado para comandar o Caxias no Campeonato Gaúcho de 2018 e vínculo com o Carvoeiro até o fim deste ano.

O Tigre volta a campo novamente no Heriberto Hülse para encarar o líder da Série B. Sábado, 16h30, recebe o Inter, e Beto, que enfrentou os gaúchos no estadual, quer atenção. Para o compromisso, Luiz, Giaretta, Barreto, Silvinho e Lucão voltam a ficar disponíveis após suspensão.

Ouça as informações do repórter Eraldo Luiz: