Pavimentar e recuperar as ruas de Morro da Fumaça tem sido um dos principais focos do prefeito Noi Coral desde o primeiro dia de gestão no município. Segundo o chefe do poder executivo, além de melhorar a trafegabilidade, uma rua pavimentada valoriza a cidade e traz melhoria na qualidade de vida da população. “Queremos tirar o município do atraso realizando a pavimentação ou o reparo na maior quantidade de ruas possíveis. A poeira nas estradas de chão traz sérios problemas de saúde aos moradores e dá mais trabalho na manutenção pela prefeitura”, disse.

Mais de 20 ruas receberam os serviços de pavimentação ou recuperação da equipe do Sistema de Infraestrutura nos últimos oito meses, com recursos próprios ou por meio de convênios firmados com o Governo Estadual e Federal que totalizam o investimento acima de 1,6 milhões de reais. “Precisamos ampliar estas parcerias para que mais recursos venham para o município e resultem em benefícios aos fumacenses. Para isto, vamos bater na porta dos deputados estaduais, federais, governador, ministro e onde mais for preciso”, acrescentou o vice-prefeito Eduardo Guollo.

Na área central, a Rua Vanteiro Margotti foi concluída com recolocação da base e novas lajotas para facilitar a ligação com um dos principais acessos de entrada e saída do município. Na Mina Fiorita, as ruas João de Bona, Vitório Casagrande e Luiz Casagrande recebem nova pavimentação. No bairro De Costa, as ruas Silvia Capelette e Donato Talfemback foram contempladas com camada asfáltica. Obras realizadas por convênios com recursos municipal, estadual e federal. As pavimentações e recuperações de ruas seguem na Linha Torrens, Bortollato, Estação Cocal, Vila Rica e demais localidades.

A moradora do bairro Esperança, Ignez Sacht Garcia, de 71 anos, acompanhou a manutenção feita nas ruas Herminia Cechinel e Pedro Rodolfo Silva que ficam próximas da sua casa. A equipe da prefeitura fez a recuperação das lajotas que estavam quebradas e o nivelamento da rua. “Ficou mais bonito, melhorou o trânsito e facilitou para gente atravessar a rua sem correr o risco de tropeçar numa lajota solta. Na nossa idade todo o cuidado deve ser redobrado”, comentou Ignez.

Ajustes nas licitações

Para as próximas obras, a administração pretende fazer alguns ajustes nos editais de licitação para a escolha das empresas com o apoio do Observatório Social de Morro da Fumaça. Conforme o prefeito, muitas licitações foram feitas de forma incompleta que resultaram em atraso e prejuízo no andamento dos trabalhos. “Infelizmente estamos perdendo mais tempo para corrigir os erros de licitação e de projetos que foram feitos no passado, do que planejando novas obras. Porém, esta realidade vai mudar”, finalizou o prefeito Noi Coral.

Colaboração: Filipe Casagrande / Comunicação Governo de Morro da Fumaça