A Epagri lança nesta terça-feira (19) o Sistema de Monitoramento Apícola (Apis On-line), um conjunto de tecnologias destinadas a coletar dados ambientais e gerar informações para apoiar a produção de mel no território catarinense. Esse é o primeiro sistema desta natureza desenvolvido no Brasil. O lançamento acontece às 16h, na Assembleia Legislativa, em Florianópolis, como parte de um evento da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (Faasc), que vai reunir 350 lideranças do setor.

O Sistema de Monitoramento Apícola é desenvolvido pelo Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram) com o apoio de outras unidades da Epagri. Ele é composto por uma plataforma digital que reúne informações relacionadas ao setor. Lá, já é possível encontrar publicações e links úteis, entre outros dados.

O repórter Enio Biz ouviu na manhã desta terça-feira (19) o presidente da Federação das Associações de Apicultores de SC, Nésio Fernandes Medeiros. Ouça a entrevista:

 

Mel em SC

Santa Catarina conta atualmente com quase nove mil apicultores de diferentes portes que vão se beneficiar com a implantação do Apis On-line. Na safra 2016/1017 ,foram produzidas oito mil toneladas de mel, um recorde no estado. A produção ficou em 25Kg por colmeia, superior à média dos últimos anos, que foi de 20,42kg. No Brasil, essa média fica em 10Kg por colmeia. Há cinco anos, a média catarinense era de 13kg por colmeia. As condições de clima, o empenho dos apicultores e o forte trabalho de assistência técnica da Epagri na área foram fatores decisivos para o resultado expressivo.