Tramita na Câmara de Vereadores de Içara projeto de lei para criar a denominada “parada alternativa segura”, para mulher grávida ou com criança de colo, no transporte coletivo da cidade. A matéria, de autoria da vereadora Silvia Mendes (PP), é para que, a partir das 20h, estas mulheres possam escolher o local mais seguro para desembarcar do ônibus, desde que não altere a rota executada pelo coletivo.

Segundo a vereadora, “é uma forma de evitar possível exposição a situações de perigo no período noturno, quando estas mulheres estarão mais vulneráveis à ação de marginais”.

Com informações do site DN Sul