O escultor, artista plástico e autodidata José Fernandes de 87 anos, conhecido popularmente Zé Diabo, faleceu na madrugada desta segunda-feira (21), em Orleans. Ele ficou conhecido principalmente por esculpir as imagens de passagens bíblicas em um paredão de arenito à margem esquerda do Rio Tubarão, também localizado em Orleans.

Segundo informado, Zé Diabo estava internado na Fundação Hospitalar Santa Otília e faleceu por problemas cardíacos e Alzheimer.

O velório acontece ainda pela manhã desta segunda-feira na Capela Mortuária do Cemitério Municipal São José. Zé Diabo deixa esposa, três filhos e cinco netos.

Luto Oficial em Orleans

O prefeito de Orleans, Jorge Koch, do PMDB decretou luto oficial na cidade por três dias, em razão da morte do artista Zé Diabo, autor de um dos pontos turísticos mais importantes do Sul do Estado:  as esculturas sacras no Paredão de Orleans.

Dentre outras obras, destacam-se a pintura na Igreja Matriz Santa Otília, no centro de Orleans; pintura na Igreja de São Miguel Arcângelo, em Grão Pará; na Igreja Matriz São Marcos, em Nova Veneza; escultura do busto do Papa João XXIII, na parede da Sede João XXIII, pertencente à Igreja Matriz Santa Otília de Orleans; o Pórtico Municipal de Orleans; e as esculturas em cimento, na Igreja Santo Antônio de Pádua, em Sombrio.

Fonte: Notisul