Saúde de SC investiga oito casos suspeitos de febre amarela

Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) alerta para a necessidade de imunização contra a febre amarela. (Foto: Vinícius Gonçalves/TV Gazeta)
- Publicidade -

Santa Catarina investiga oito casos suspeitos de febre amarela registrados entre os dias 1º e 27 e janeiro deste ano. Um nono registro durante esse período foi confirmado como sendo da doença: o de uma mulher de 57 anos moradora de Gaspar que morreu após ter contraído a enfermidade durante viagem ao estado de São Paulo.

Entre as oito notificações suspeitas está uma que resultou na morte de um homem em Lajeado Grande. Nenhuma das pessoas com suspeita de febre amarela tinha sido vacinada contra a doença.

Os outros casos em investigação são de moradores de Timbó, Criciúma, São José, Florianópolis, Joinville (2) e São Joaquim.

COMPARTILHAR