Explosão causa pânico em estação de Londres

Foto: Divulgação

Uma explosão na estação de metrô de District Line, no sudoeste de Londres, deixou feridos na manhã desta sexta-feira, por volta de 4h20m (horário de Brasília). Os serviços de emergência foram acionados para o que testemunhas relataram como estampidos na plataforma de Parsons Green. Uma apresentadora da “BBC” que seguia para o trabalho viu uma mulher com queimaduras nas pernas e no rosto, mas não há confirmação oficial sobre o número de feridos.

Segundo a Associated Press, a polícia de Londres declarou a explosão no metrô como um atentado terrorista. “O Comando Antiterrorista da Polícia Metropolitana está investigando após o incidente na estação de metrô Parsons Green ser declarado um incidente terrorista”, lê-se no Twitter dos agentes londrinos.

A ocorrência causou pânico entre passageiros, que se amontaram para sair da estação e procurar um local seguro. Na fuga, “várias pessoas” ficaram feridas em meio a empurrões. A polícia esvaziou residências próximas à estação e mandou fechar uma escola dos arredores.

O nível de terrorismo no Reino Unido está na escala três, considerado “severo”, o que indica a alta probabilidade de ataque. Desde março, pelos menos quatro atentados — três de motivação jihadista e um ligado à extrema-direita — deixaram mortos no país. As autoridades confirmam que seis outros planos extremistas foram frustrados.

Fonte: O Globo

COMPARTILHAR