Semana da Pátria inicia neste sábado em Criciúma

Foto: Arquivo / Decom

A Prefeitura de Criciúma, via Secretaria de Educação, realiza a partir deste sábado (2), atividades alusivas à Independência do Brasil. A Semana da Pátria inicia com o desfile cívico-militar do distrito do Rio Maina, na Avenida dos Imigrantes, às 8h30min. No dia 7 de setembro, com início às 8h, o desfile ocorre no Parque das Nações Cincinato Naspolini. O tema central das atividades será “Educação, a Esperança de Transformação”.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca, o desfile será realizado em dois dias em virtude da quantidade de entidades participantes. “O desfile do Rio Maina terá a participação de 32 entidades, enquanto no Parque das Nações, 48 instituições desfilarão. A cada ano, cresce o número de pessoas querendo participar dos desfiles”, relata.

O tema da Semana da Pátria foi selecionado em junho pelas entidades. “Cada instituição sugeriu um tema. Depois, realizamos uma votação entre as três finalistas. O tema vencedor é de fácil compreensão e representa a importância da educação para a nação brasileira, pois a educação é a esperança de transformação e qualificação das pessoas”, ressalta Roseli.

Na segunda-feira (4), às 9h, o 28° Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) Severiano Martins da Fonseca realizará a troca da bandeira nacional no Parque Centenário. Na terça-feira (5) e quarta-feira (6), a Administração Municipal promove o hasteamento e arreamento da bandeira brasileira no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) câmpus Criciúma e na Escola Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Serafina Milioli Pescador, no bairro Operária Nova.

“A Semana da Pátria é um momento de conscientização, onde a nação brasileira deve pensar o que é ser brasileiro e se estamos cumprindo nosso papel de tornar o país melhor. Devemos ser patriotas, ter amor pelo Brasil e lutar por ele. Nesta semana, principalmente, precisamos lembrar e comemorar a nossa independência, pois foi quando deixamos de ser uma colônia e viramos uma nação”, comenta o prefeito interino de Criciúma, Ricardo Fabris.

Colaboração: Émerson Justo  / Assessoria de Comunicação 

COMPARTILHAR