Governador e vice apresentam segunda edição do Fundam em Criciúma

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo e o vice-governador Eduardo Pinho Moreira apresentaram nesta quarta-feira, 21, em Criciúma, no Sul catarinense, a segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). A iniciativa do Governo do Estado prevê um investimento de R$ 700 milhões nas 295 cidades catarinenses. Participaram do encontro na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) prefeitos e lideranças dos 12 municípios da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma.

Colombo destacou que a medida é essencial para dinamizar a economia do Estado a partir do segundo semestre. Conforme o governador a vida nas cidades melhora quando se faz investimentos por meio de quem está mais próximo. A verba é repassada para as prefeituras, que definem as obras prioritárias.

“É um programa estratégico, que preserva e fortalece o nosso modelo de pequenos municípios e a boa distribuição demográfica. As comunidades precisam de apoio para permanecer onde estão e ter resultados de produção e qualidade de vida. Para isso é preciso levar infraestrutura, Educação, Saúde, tecnologia e segurança pública. E é justamente isso que buscamos oferecer. O Fundam tem essas características, representa um desenvolvimento harmônico do nosso Estado”, disse.

O vice-governador também destacou a importância do Fundam. “O programa foi uma inovação que trouxe benefícios impressionantes para todos os municípios de Santa Catarina. Obras em todos os setores, melhorando a qualidade de vida, trazendo mais conforto e desenvolvimento. E esta segunda edição tem o mesmo objetivo, de continuar o projeto que deu certo. Será mais uma vez um grande sucesso para nosso Estado”, destacou Eduardo Moreira.

O governador lembrou que na primeira edição foram distribuídos R$ 606 milhões para investimentos nos municípios catarinenses, em diferentes áreas, especialmente saúde, educação, saneamento básico e infraestrutura. Como cada município podia apresentar até dois projetos, foram assinados 453 convênios, que possibilitaram a compra de 976 equipamentos, máquinas e veículos, a realização de 56 obras e a pavimentação de 1.358 ruas, o que corresponde a 538 quilômetros lineares pavimentados. O destino do recurso é uma decisão de cada município.

O projeto para a segunda edição do Fundam já está na Assembleia Legislativa. Depois de lançado oficialmente, as equipes das prefeituras farão um trabalho em conjunto com as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) na elaboração dos projetos, dentro das características previstas para depois apresentar aos gestores do programa.

A proposta do Fundam 2 já tem o aval do governo federal e da diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O gerenciamento e controle do programa devem ficar com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), a exemplo do que ocorreu na primeira edição.

Para as 12 cidades que fazem parte da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma, foram distribuídos R$ 32,7 milhões na primeira edição do Fundam. Criciúma, por exemplo, foi revitalizado dois quilômetros da Avenida Assembleia de Deus, com investimentos de R$ 3,5 milhões. E Balneário Rincão recebeu R$ 2,1 para revitalização completa da Avenida Leoberto Leal, um dos cartões postais da cidade. Agora todos poderão novamente ser contemplados.

No encontro com o governador e vice, os prefeitos da região agradeceram pelos investimentos realizados na primeira edição do Fundam, deram sugestões sobre o programa e falaram das prioridades dos seus municípios.

O presidente da AMREC e prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin, agradeceu as melhorias feitas nos municípios por meio do Fundam. “Foi um grande programa. Não tenho dúvida que essa segunda edição trará ainda mais benefícios para os locais”.

Este é o quinto encontro de 21 que serão realizados em todas as regiões do Estado. Antes de Criciúma, o governador fez apresentações em Mafra, Tubarão, Jaraguá do Sul e Chapecó. Nesta quinta-feira, 22, a segunda edição do Fundam será apresentado em Rio do Sul e em Blumenau.

Nesta reunião participaram representantes de 12 municípios. São eles: Balneário Rincão, Cocal do Sul, Criciúma, Forquilhinha, Içara, Lauro Müller, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Orleans, Siderópolis, Treviso e Urussanga.

Os secretários da Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso, da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, a secretária de Justiça e Cidadania, Ada de Luca e o secretário executivo da ADR Criciúma, João Fabris, também participaram da reunião.

Colaboração: Elisabety Borghelotti / Governo de Santa Catarina

COMPARTILHAR