Restauração da Ponte Hercílio Luz entra em fase final com chegada de novas peças

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom
- Publicidade -

Fundamentais na restauração da Ponte Hercílio, em Florianópolis, as barras de olhal chegaram na tarde desta segunda-feira, 12, ao canteiro de obras da empresa responsável pelos trabalhos. Ao todo, serão 360 destas peças que vão substituir as existentes, responsáveis pela sustentação da ponte. A previsão para o início da substituição das peças é outubro deste ano com prazo para até 12 meses para a conclusão.

“Com a chegadas dessas barras novas, a gente está dando o início da operação mais importante da recuperação da Ponte Hercílio Luz. A essência de todo o projeto de recuperação, que é a troca das barras de olhal antigas pelas novas. Todas as estruturas que fizemos até hoje foram para tirar a carga da estrutura existente, para que possibilite então trocar as barras”, explicou o fiscal responsável pelas obras de restauração da Ponte Hercílio Luz, Wenceslau Diotalevy.

As peças têm em média 13 metros de comprimento, 750 milímetros de largura, 50 milímetros de espessura e pesam cerca de 1,8 toneladas. Foram fabricadas pela Usiminas, no Estado de Minas Gerais e o custo total de todas as unidades é de R$  47,2 milhões. “As peças foram fabricadas com aço especial, feito de um liga de ponta, que passou por todas as especificações exigidas pelo projetista”, destacou Wenceslau.

A empresa Empa, do grupo português Teixeira Duarte, é a responsável pelo atual ciclo das obras de restauração. A ordem de serviço para os trabalhos foi assinada em abril de 2016, com prazo de execução previsto em 30 meses, o que aponta a conclusão das obras no segundo semestre de 2018. Quando reaberta, terá duas vias para receber veículos e espaço para ciclistas e pedestres.

Colaboração: Rafael Vieira de Araújo / Secom

COMPARTILHAR