Siderópolis abre Semana do Meio Ambiente com Tratado pela Restauração do Rio Mãe Luzia

Município fez parte do Primeiro Giro Ciclístico organizado pela Comissão Permanente pela Despoluição do Rio Mãe Luzia

Siderópolis abriu a Semana do Meio Ambiente com a assinatura do Tratado de Restauração e Revitalização do Rio Mão Luzia, firmada pelo prefeito Hélio Cesa, o Alemão, representando todos os moradores, que se comprometem em realizar ações concretas ainda este ano em favor do rio, que passa e passa por Siderópolis e outros seis municípios, que também acordaram o compromisso. A assinatura foi realizada na manhã deste domingo, 4, durante o “1º Giro Ciclístico Rota Rio Mãe Luzia, organizado pela Comissão Permanente de Despoluição, com trajeto iniciado na localidade de Guanabara, em Treviso, onde o rio ainda está limpo, passando por Siderópolis, Nova Veneza, Criciúma, Forquilhinha, Maracajá e Araranguá.

“Talvez nossa geração não veja o Rio Mãe Luzia limpo e com peixes, mas temos que fazer nossa parte hoje e garantir o futuro. Temos muitos outros rios que precisam ser salvos e ações como esta são exemplo. Parabéns a todos os envolvidos”, afirmou o prefeito, ao lado do vereador Peninha, representante de Siderópolis na comissão. “Quanto mais pessoas envolvidas, mais destaque dará a nossa campanha e Siderópolis está de parabéns”, afirmou a presidente da Comissão Permanente pela Despoluição do Rio Mãe Luzia, professora Sideropolitana, Miriam da Conceição.

Semana do Meio Ambiente 

Na sequencia da programação em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, nesta segunda-feira, das 14h às 16h, será feito plantio de mudas de quaresmeiras ao longo da Avenida Dom Orione, no centro de Siderópolis. A quaresmeira foi eleita flor símbolo do município e as mudas devem ser plantadas por representantes da cidade com o objetivo de enfatizar a importância da preservação.

Na terça-feira, 6, a semana prossegue com Oficina Educativa no Siderópolis Clube. Das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia, estarão reunidos a Famsid, Felinos do Aguaí, Fatma, Casan, Iddasi, Secretaria de Agricultura, Epagri, Cirsures e Rio Deserto, todos com exposições relacionadas ao tema. No local a Famsid irá distribuir cartilhas educativas, apresentar o super herói da reciclagem, o Reciclópolis, que abordará a temática ambiental com as crianças, e ainda dará início ao concurso que irá eleger a melhor história sobre reciclagem e coleta seletiva em forma de gibi, voltada aos estudantes de Siderópolis.

“Fizemos a programação dando ênfase à educação ambiental exemplificando as ações. Queremos atingir todos os públicos e disseminar cada vez mais a importância de fazermos a nossa parte para a preservação ambiental”, afirmou a presidente da Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis, Franciele Anselmo Ferreira.

Colaboração: Governo do Município de Siderópolis 

COMPARTILHAR