Próximos dias: chuva persistente com altos volumes em SC

Foto: Ciro Groh/Observador do Tempo
- Publicidade -

Depois de um trégua, a chuva persistente deve voltar a Santa Catarina na madrugada deste domingo (04) com o avanço de uma nova frente fria pelo sul do Brasil. O aviso meteorológico emitido pela Defesa Civil de Santa Catarina e Epagri/Ciram informa que a previsão é de chuva persistente e volumes elevados para todas as regiões do Estado.

Os moradores devem evitar contato com a água, não dirigir em áreas alagadas nem transitar sobre pontes. Em caso de emergência, a recomendação é entrar em contato com a Defesa Civil (199) ou com o Corpo de Bombeiros (193).

Abaixo a projeção para os próximos dias, realizado pela EPAGRI/CIRAM:

Previsão: Chuva em todas as regiões de SC, persistente, com intensidade moderada a forte. Risco de temporais isolados.

Acumulado de chuva no período: 40 a 70 mm em média no Estado e pontuais em torno de 100 mm, especialmente no Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte, Vale do Itajaí, Litoral Sul e Litoral Norte.

Sistema: avanço de uma frente fria no Sul do Brasil.

OBSERVAÇÃO: o tempo instável permanece nos dias 06 à 08, alternando com períodos de melhoria. Os maiores acumulados estão previstos para o dia 08 e manhã do dia 09/06, devido à uma nova frente fria no Sul do Brasil. Considerar que em algumas regiões do Estado o nível dos rios ainda estará elevado e o solo encontra-se encharcado, devido à chuva persistente da última semana. No decorrer da sexta-feira (09/06) o sol volta a aparecer no Estado com a chegada de uma massa de ar frio.

Urussanga

O cenário esperado para a semana tende a se agravar, se comparado com a semana anterior. O responsável pela Defesa  Civil de Urussanga, Emerson Jeremias, está avaliando as áreas mais vulneráveis e caso necessário, ações preventivas deverão ser adotadas, como a retirada de pessoas e seus pertences. “Teremos uma difícil semana pela frente, vem muita chuva, nossa preocupação também é com o risco de deslizamentos que podem acontecer. Pedimos para as pessoas que moram em áreas de risco que atendam o pedido da Defesa Civil e, em caso de necessidade, procure um abrigo ou casa de parentes de forma preventiva”, alerta Emerson Jeremias.

Confira as recomendações da Defesa Civil de SC

Alagamentos/Inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Enxurradas: Não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.

Deslizamentos de terra: deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros 193.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199, ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.

 

 

 

COMPARTILHAR