Prazo para inscrição do SISU começa nesta segunda

Inscrições devem ser feitas exclusivamente na página do Sisu na internet

- Publicidade -

As inscrições para a segunda edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nesta segunda-feira, 29, e vão até 1º de junho. São 51.913 vagas oferecidas pelas 63 instituições de educação superior que assinaram o termo de adesão – 59 federais e quatro estaduais. Para se candidatar, é preciso ter se submetido ao último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter tirado zero na redação.

Desse total, 22.663 vagas estão em universidades e institutos federais da Região Sudeste, 18.726 no Nordeste, 8.338 no Sul, 1.133 no Norte e 1.053 no Centro-Oeste. Por modalidade, 25.707 vagas são destinadas à ampla concorrência, 24.744 obedecem às cotas estabelecidas pela Lei nº 12.711/2012 e 1.462 fazem parte de ações afirmativas próprias das instituições.

“Para esse processo seletivo, a novidade é a inclusão de vagas reservadas a pessoas com deficiência, conforme determinado pela Lei nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016, que alterou a lei de cotas”, explicou Vicente de Paula Almeida Junior, diretor de políticas e programas de educação superior do MEC.

Opções – Ao todo, estão sendo oferecidos, em diversas áreas de conhecimento, 1.462 cursos de graduação, podendo o candidato optar por até dois deles. As maiores ofertas de vagas são para administração (1,7 mil), pedagogia (1,6 mil), matemática (1,5 mil), ciências biológicas (1,4 mil), direito (1,4 mil), engenharia elétrica (1,3 mil) e medicina (1,3 mil).

Os cursos mais procurados no segundo semestre de 2016 foram medicina, com 151,3 mil inscrições; direito (94,6 mil), administração (72,4 mil), pedagogia (53,8 mil), engenharia civil (44,4 mil), psicologia (42,7 mil), educação física (41,2 mil), enfermagem (40,3 mil), nutrição (38 mil) e ciências biológicas (34,8 mil).

Inscrições – O processo é bem simples e deve ser feito exclusivamente na página do Sisu na internet, sem nenhuma cobrança de taxa. Basta acessar a página com o número de inscrição e senha do Enem de 2016, para depois definir os cursos por ordem de preferência. O candidato deve ficar atento à relação dos documentos exigidos pelas instituições para a efetivação da matrícula, em caso de aprovação.

Caso o estudante tenha alguma dúvida sobre o curso escolhido e queira mudar de opção, poderá fazê-lo quantas vezes achar conveniente, até o encerramento das inscrições. Para tanto, será considerada válida a última inscrição confirmada. Mesmo quem participou de etapas anteriores e chegou a ser selecionado poderá se candidatar nessa nova edição, desde que tenha feito o Enem requerido.

Também poderá concorrer o estudante que já estiver matriculado em um curso de graduação – desde que seja em instituição particular, já que não será possível ocupar duas vagas simultaneamente em instituições públicas. Da mesma forma, aqueles que tentam uma bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) podem participar do Sisu, contanto que, no caso de serem selecionados, optem por um dois.

Esta segunda edição do Sisu será realizada em uma única chamada, estando o resultado previsto para ser divulgado em 5 de junho – mesma data em que será aberta a lista de espera. Já a matrícula deve ser feita entre os dias 9 e 13 de julho.

Acesse a página do Sisu

 

COMPARTILHAR